-->

julho 27, 2017

Filmerama #2

Oi Gentinyyy, e ain?

    A versão mais dark do Filmerama tá é aqui.

    A ideia de sempre postar dicas de filmes é para poupar vocês de passarem horas e horas na tela do computador e no final não encontrar nada.

    Dei uma mesclada entre filmes atuais e outros mais nostálgicos, porém, que não deixam de ser
 Ó-TE-MOS e que vale a pena dar uma reprisada. 

#partiu #BoraLá


    Entonces, primeiramente venho aqui mostra-los esse filme que sai dos padrões. Em português a tradução dele é "O CHEFE - Radiografia de um crime". É um filme argentino, e por que escolhi? ... é baseado em fatos reais. EU AMO FORTE filme desse tipo. 
    Trata-se de um rapaz humilde de uma cidade do interior que vai tentar a vida com a esposa em Buenos Aires, lá ele é aprendiz de açougueiro e depois consegue ser "proprietário" e açougueiro chefe. Prefiro não fornecer spoilers, mas posso adiantar que não é de terror, porém, tive um pequeno pesadelo com essa trama. 

     Com os olhos marejados posso dizer que OKJA foi o filme mais lindo que já vi nessa vida que Deus me deu. Uma menininha do interior da Coreia (não me pergunte se é a do Sul ou a do Norte) tem a vida toda como amiga uma porquinha que depois vira um porco dinossauro, porém, essa criaturinha foi produzida para ser abatida e ter sua carne como a THE BEST do mercado. O desfecho dessa trama é de cerrar o coração. 

 

    Voltando um pouco a antiguidade temos a carinha do Brad Pitt bem novinho no filme 7 crimes capitais, também não é terror mas dá nojinho. Pra quem curte uma pegada mais detetive, vai amar esse longa e com a atuação do Morgan Freeman, nem precisa duvidar, neh nom?

    Por fim, a esposa do Brad em Malévola. Assisti esse filme no cine com meu pai, até ele deixou os cílios nadando no final da história. Filme de romance é legal, mas quando o amor e a trama é entre família ... aff, é muito tocante.

    Depois desse post deu até vontade de rever os filmes, haha. Já tô com mais outros na lista pra trazer novidade pra vocês. 
    Besitos.